Saída de campo

Bernardo Ribeiro
Bernardo Ribeiro Diretor de Record

É hora de falar o futebol

Hoje é dia de clássico. Um daqueles jogos frenéticos e apaixonantes, dos que decidem títulos, eis o que todos desejamos. Uns puxam pelo vermelho, outros pelo azul, nada mais natural. Que no fim ganhe o melhor, sem casos de arbitragem de maior. Se der empate, a coisa continua até ao fim da liga. Não virá daí mal ao Mundo. Acredito sinceramente que os adeptos vão estar à altura dos acontecimentos. Os treinadores estiveram e basta que os jogadores entendam a diferença entre virilidade e violência, sem fazerem a vida impossível ao árbitro, e tudo correrá bem.

Prognósticos não faço. Senti, confesso, Rui Vitória mais calmo do que Sérgio Conceição. O ponto de vantagem pode ser a razão. O facto de jogar em casa, outra. Mas seja o que for, parece-me que o líder dos homens que trazem a águia ao peito está mais confiante. Pode ser importante. Ou não. No fundo, a parte mais difícil cabe aos jogadores. São eles, lá dentro, quem decide. Bom jogo, desejo.

Parabéns a Nuno. O ex-técnico do FC Porto subiu à Premier League com os Wolves. Há mais portugueses a brilhar em Inglaterra, como Rúben Neves, estrela maior de um plantel recheado de alma lusa.

Entre 2010 e 2018 houve 196 adeptos impedidos de entrar em estádios. Só? Há muita gente a fechar os olhos...

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais