CLUBE DOS PENSADORES

Joaquim Jorge
Joaquim Jorge Fundador do Clube dos Pensadores

Barcelona de Luis Enrique

Luis Enrique desafia a história, não perde desde o dia 3 de Outubro perante o Sevilha, é líder destacado na Liga Espanhola, está em todas as competições, já venceu cinco títulos (Liga Espanhola, Liga dos Campeões, Taça do Rei, Supertaça Europeia e Mundial de Clubes). Este ano vai tentar bater o recorde de invencibilidade do clube. O Barcelona está a atravessar um bom momento, está numa boa fase com resultados positivos.

Este domingo contra o Levante em que venceu por 2-0, igualou o recorde de Pep Guardiola de 2010/2011 que alcançou 28 jogos sem perder. Esta quarta-feira ao empatar com o Valencia 1-1, superou essa marca - 29 jogos sem perder.

Luis Enrique soma ao serviço do Barcelona 80 vitórias, 11 empates e 9 derrotas com 282 golos marcados e 73 sofridos. Um palmarés impressionante que este domingo contra o Levante tornou-se centenário, fazendo o seu 100.ºjogo com uma vitória. Pulverizou os números de Pep Guardiola que tinha 71 vitórias, 19 empates e 10 derrotas e as cifras de outros grandes treinadores; Cruyff, Rijkaard.

A senda do êxito vai continuar tanto em números como na projecção desportiva. Na Taça do Rei está na final depois da vitória na 1.ªmão perante o Valencia por 7-0, empatou 1-1 esta quarta-feira, na 2.ªmão. Mantém-se líder da Liga com um jogo a menos. Na Liga dos Campões está nos oitavos-de-final com o Arsenal. Pode repetir os êxitos do ano passado vencer a Liga dos Campeões e tudo o resto, tentando não falhar a Supertaça Espanhola.

Com Luis Enrique depois da saída de Tata Martino o Barcelona venceu cinco títulos em seis possíveis. A única mancha foi perder ante o Atlético de Bilbau a Supertaça de Espanha. Pode dizer-se que o Barcelona de Luis Enrique vai em velocidade de cruzeiro.

Luis Enrique é dos poucos jogadores no mundo que ousou jogar pelo Real Madrid e Barcelona, sendo uma heresia, tendo em conta a rivalidade feroz e irracional.

Luis Enrique, ainda, é jovem como treinador, a 8 de maio faz 46 anos. Já treinou o Barcelona B, depois foi para o Roma, sem muito êxito, regressou a Espanha para treinar o Celta de Vigo, ficando em nono lugar. Está no Barcelona, como treinador, desde 19 de maio de 2014.

Tudo levava a crer que era mais um treinador que não faria esquecer Guardiola. Mas afinal tem-se imposto com a sua experiência de grande jogador; é calmo, sereno, ponderado, comedido e tem uma excelente relação com os jogadores. Está em via, segundo as estatísticas, de tornar o seu Barcelona melhor do que o Barcelona de Pep Guardiola.
O que me apraz dizer é que qualquer treinador no Barcelona com este altíssimo nível de jogadores como Suárez, Neymar e Messi, etc.. Arrisca-se a ser um vencedor. Todavia Luis Enrique pode ficar para a história, o Barcelona acertou na sua contratação.

Às vezes tento imaginar como seria o Barcelona treinado por Mourinho, mas este vai para o Manchester United medir forças com o Manchester City de Pep Guardiola.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.