Saída de campo

Nuno Farinha
Nuno Farinha Diretor adjunto

Mais alma do que futebol

Jesus mostrou um cartão amarelo aos sportinguistas que, numa 2ª feira, foram a Alvalade ver um jogo que teve início às 21 horas. O treinador entendeu que os adeptos tiveram uma atitude passiva e que "apenas apoiaram a equipa após o 1-0". Ou seja, durante 2 minutos. É surpreendente este puxão de orelhas que Jorge Jesus decidiu dar a quem nunca deixou de estar ao lado da equipa, como o próprio técnico, aliás, tantas vezes tem referido. Mas se é verdade que, desta vez, quem estava na bancada não transmitiu o habitual ‘calor’ aos leões que estavam no relvado, há então uma pergunta que se impõe: o que mudou no futebol do Sporting para também os adeptos terem mudado de atitude?

Os factos vão dando razão ao treinador: o Sporting continua em condições de atacar o 1º lugar no campeonato (mesmo com enormes dificuldades); está na meia-final da Taça de Portugal (ainda que em desvantagem) e acaba de confirmar a presença nos oitavos-de-final da Liga Europa, tendo já conquistado a Taça CTT.

O que falta, então, então, para que os adeptos mostrem um pouco mais de entusiasmo? Falta aquilo que as equipas de Jorge Jesus costumam ter em doses generosas: futebol de qualidade. Raça, fé, capacidade de luta, alma, caráter. Os elogios têm sido estes – e todos fazem sentido. Mas o nível do futebol, esse, anda baixinho.

2
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais