Onde anda o denominado serviço público de televisão?

A Seleção Nacional de andebol, ao vencer ontem a Hungria, atingiu um grande marco no seu vasto e longo percurso. No espaço de uma semana venceu sucessivamente equipas que nos habituamos a admirar como o expoente máximo do andebol mundial, tais como a França a Suécia e a Hungria.

O andebol português conseguiu assim um feito inédito, mas infelizmente não foi dado aos portugueses a oportunidade de verem e puderem vibrar com tão excelentes atuações, por omissão da estação pública de televisão. Aqui a imprensa escrita e os media online em conjunto com as redes sociais, deram destaque a este percurso notável da equipa de andebol.

No entanto, o crescimento do desporto nacional na última metade do século XX, deve-se, e devemos reconhecê-lo, muito à RTP pela promoção que proporcionou à generalidade das modalidades desportivas. Por outro lado, também a RTP deve muito da sua implantação no todo nacional pelas muitas horas de desporto que o movimento associativo desportivo lhes facultou. Diria que é uma relação win win.

Não podemos afirmar que os últimos anos não trouxeram um divórcio, entre a RTP e a generalidade das modalidades desportivas, mas pelo menos, verificou-se um afastamento. A ausência total numa competição com a relevância e importância para o desporto nacional do Campeonato da Europa de Andebol, integra-se nesse incompreensível afastamento.

O povo português foi, assim, impedido de assistir aos grandes momentos vividos pela Seleção Nacional e o andebol foi privado de uma sempre salutar e bem necessária promoção entre os mais jovens.

Onde anda o denominado serviço público de televisão?  

Autor: Carlos Paula Cardoso, Presidente da Confederação do Desporto de Portugal

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0