André Silva, a confirmação de um valor com futuro

Quando no passado dia 9 de Agosto de 2016, vim a este mesmo espaço, do Jornal Record, "Escrevem os Leitores" e, que com o título bem apropriado, na altura, e passados estes três meses, está-se a confirmar o que afirmei na altura, acerca do futuro e já é uma certeza do futebol português, de seu nome André Silva. " UM PROMISSOR E GRANDE TALENTO DO FUTEBOL, CHAMADO ANDRÉ SILVA", e que nesse simplório manuscrito, afirmei com a devida e toda a convicção e certeza do que estava a escrever, que mesmo não sendo porventura olheiro do seleccionador nacional, Senhor Fernando Santos, ou decerto estaria a pretender "quiçá" ou estava a ser candidato a tal cargo, (afinal quem sou eu? senão um puro amante e simples adepto do desporto rei, que é o futebol e somente, adepto de sofá e que devora, tem o único defeito ou vicio da leitura de tudo o que é jornais desportivos e que procura seguir tudo o que se passa em redor desta fenómeno modalidade que é o futebol.

E, nesse tal escrito de 9 de Agosto, pedia a permissão para destacar nesta pré-época, de 2016/17, a utilização do jovem André Miguel Valente Silva, jogador do FC Porto, que pertencendo na época passada à equipa "B", cedo chegou à equipa principal do FC Porto e deu logo de início das suas utilizações da equipa principal, enormes indicações, com exibições de um verdadeiro avançado, mostrando o seu talento e a "ganancia" pelas balizas dos adversários e toda a magia de sede pelos golos. E até ao preciso momento não me enganei. Mais á frente arrisquei e ganhei…ao ter afirmado, passo a citar…"Quem diz que não temos avançados no futebol português, com grandes aptidões natas para o golo? Vai decerto ser um caso sério não só para esta época na equipa principal do FC Porto, onde carrega já uma mística de um grande Dragão, como para selecção A de Portugal. Vamos a aguardar com serenidade, mas que é um forte candidato a ser chamado à selecção principal por Fernando Santos, não tenhamos dúvidas.
E aí está, ganhei a aposta, de ter afirmado que tínhamos ali um talento e graças, à chamada, à selecção nacional A, por parte do nosso seleccionador Senhor Fernando Santos (que até jogou uma época depois deste autor, salvo erro, no saudoso Clube Desportivo da Graça, mas que devido à nossa diferença de idades infelizmente não nos chegámos a cruzar).

Em quatro chamadas à selecção A, primeiro no dia 01/09/16, no Estádio do Bessa, Século XXI, no Porto, no I Portugal-Gibraltar vitória por 5-0, dia da sua estreia. Na sua segunda internalização no jogo XXI Suíça-Portugal, jogo realizado no dia 06/09/16, no Estádio St. Jacob Park em Basileia, a contar para a 1ª jornada do Grupo B da fase de apuramento para o Campeonato do Mundo a realizar na Rússia em 2018, derrota por 0-2. No dia 07/10/16, em pleno Estádio Municipal e Aveiro, em jogo da 2ª jornada do Grupo B, no IV Portugal-Andorra, vitória de Portugal por 6-0, ficando esse jogo com a marca do primeiro golo deste jovem jogador. No dia 10/10/16, na 3ª jornada do Grupo B, de apuramento para o mundial, em Thorshavn, no jogo II Ilhas Faroé-Portugal, vitória de Portugal por um expressivo 6-0, com um o "hat trick", mais rápido da história da Selecção, na qual André Silva inscreve o seu nome no livro de honra da história do futebol português.

Boa aposta do seleccionador Senhor Fernando Santos…e, é para continuar a contar se o responsável da selecção A, assim o entender, nas próximas convocatórias. Espero bem que sim.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0