As (outras) previsões para 2017

De Red Dead Redemption 2 a Death Stranding

• Foto: DR RECORD

Estamos em altura de balanço mas também de previsões no mundo dos videojogos. Serão muitas as novidades de 2017 e cá estaremos para as acompanhar. Na redação da PC Gamer também se vive o mesmo momento e alguém decidiu compilar as principais previsões para o ano que está prestes a arrancar. Pelo meio de muitas possibilidades ditas sérias, como Destiny 2 ser anunciado para PC ou a E3 ser finalmente aberta a consumidores, há algumas previsões...diferentes. A saber:

1 - A Valve vai finalmente editar a página de "novos lançamentos", onde a última entrada é o lançamento do CS:Go há quatro anos;

2 - Vão surgir muitos jogos sobre Donald Trump;

3 - Depois de 12 longos meses de espera, vamos ter nas mãos o novo Call of Duty;

4 - O Red Dead Redemption 2 vai ser oficialmente anunciado para PC, poucos dias antes do anúncio de que apenas estará disponível em 2019;

5 - Depois de seis trailers misteriosos de Death Stranding, alguém na equipa de desenvolvimento vai sugerir que é uma boa altura para começar a trabalhar no jogo e parar de fazer filmes assustadores;

6 - Um jogo que foi remasterizado e vendido, passará a ser re-remasterizado e vendido;

7 - No seguimento dos inesperados updates para Age of Empires 2 e Diablo 2, será a vez de Wacky Wheels receber o primeiro patch em 22 anos – DLC de animais pilotos;

8 - Ao invés dos 200 Warhammer diferentes lançados em 2016, alguém vai aconselhar calma e serão lançados apenas 10. No máximo 11;

9 - A Telltale vai conseguir mais um filme para adaptar – Jason Bourne;

10 - Os créditos finais de Watch Dogs 2 vão surgir no ecrã do primeiro tipo que o terminou. Lá para dia 16 de dezembro...

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.