Dragon Ball FighterZ: Beta arrancou aos soluços mas vale a pena

Já estamos a jogar e a Bandai Namco pondera alargar o prazo

Dragon Ball FighterZ viu finalmente a luz do dia, com a beta aberta a chegar no dia 13 a quem reservou o jogo e no dia 14 aos restantes interessados. Naturalmente aqui no Record Gaming estávamos atentos e ansiosos mas… nada feito. Os servidores do jogo impediram-nos de jogar no domingo, pelo que só entrámos verdadeiramente na luta nesta segunda-feira.

De resto, a Bandai Namco usou as redes sociais para lamentar os problemas e deixou no ar a possibilidade de alargar a beta aberta, algo que ainda não confirmou – a versão oficial continua a dar o seu encerramento no final do dia de hoje.

Mas vamos ao jogo. Dragon Ball FighterZ não é só mais um jogo de luta, é um fighter puro. Aqui não há tempo para grandes histórias – toda a gente sabe a história de Dragon Ball de trás para a frente – e o objetivo é proporcionar partidas frenéticas entre amigos, conhecidos ou entre humanos e IA.

Efetivamente, esse aspeto frenético está constantemente presente em DBF, desde a música inicial da beta até à velocidade dos combates. A animação é, como prometido, bem ao estilo dos desenhos a que nos habituámos na série, e rapidamente nos esquecemos de que estamos perante um jogo 2D em 2018, isto porque os cenários deformam-se com certas técnicas e sinceramente nem tempo temos para pensar nesse assunto, sob o risco de já estarmos a levar pancada da boa.

Fora da ação está o menu do jogo, onde pequenos e engraçados avatares com personagens de Dragon Ball circulam em redor de uma arena de combate. Há várias zonas para explorar, como combates, rankings, treino ou replays.

O modo de treino é muito útil para ficar rapidamente familiarizado com os controlos do jogo. É composto por vários níveis, nos quais defrontamos um ou mais adversários (até ao famoso 3 vs 3) e onde podemos exercitar as diversas técnicas ao dispor.

Para os maiores fãs da saga, a beta aberta de Dragon Ball FighterZ esconde duas ‘cutscenes’, cenas épicas de batalhas bem conhecidas da série.

O jogo chega ao mercado no dia 26, para PlayStation 4, Xbox One e PC.


Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.