Idan Ofer: «Tem sido efetuado um enorme esforço coletivo para termos êxito»

Investidor israelita justifica forte aposta no Famalicão e acredita num "futuro brilhante"

RECORD - Podemos voltar ao início. Porque decidiu vir para Portugal e investir no FC Famalicão?

IDAN OFER – Não éramos novos no mundo do futebol e, através das nossas ligações em Espanha e Portugal, surgiu a possibilidade de investirmos no Famalicão. Estávamos interessados em investir em Portugal porque existe uma forte paixão do país pelo futebol e há muito talento jovem no futebol português. Gostamos do Famalicão devido à ligação existente entre a cidade e o clube e ao amor que os adeptos sentem pelo clube, o que nos fez projetar um futuro brilhante. Portugal é muito bonito em todos os sentidos da palavra e a minha ligação ao país continua a crescer.

R – A entrada no clube começou de forma muito positiva, com a subida no primeiro ano e uma temporada incrível até ao momento na 1.ª Liga. Excedeu as suas expectativas?

IO - Ficamos, claramente, encantados com o sucesso da equipa. A subida era o nosso primeiro objetivo quando adquirimos o Famalicão e, como tal, tê-lo alcançado tão rapidamente foi maravilhoso. Já esta temporada, até à suspensão da Liga NOS, estávamos a realizar uma campanha fantástica. No entanto, não fico surpreendido pelo sucesso, pois tínhamos delineado um plano e contratámos excelentes pessoas para o conseguir – dirigentes, treinador e o seu staff e os jogadores. Beneficiamos ainda de um forte apoio da Câmara Municipal e da incrível paixão dos nossos adeptos. Reconheço que tem sido efetuado um enorme esforço coletivo para obtermos êxito.

R – Foi notória a contratação de muitas pessoas com ligações a Famalicão, em detrimento de trazer pessoas de fora da região ou de Portugal, como acontece com alguns proprietários estrangeiros. Porque optou por isso?

IO - Consideramos importante fazer regressar algumas pessoas que já conheciam o clube, a cidade e os adeptos. Sentimos que isso permitiria fortalecer ainda mais a relação entre o clube e as pessoas da cidade e foi algo que se revelou importante para o Famalicão obter sucesso. Por vezes, os clubes contratam muitas pessoas talentosas, mas perdem a relação com a comunidade em que estão inseridos e tivemos cuidado para evitar que tal acontecesse. Senti, desde o primeiro dia, que os parceiros da equipa deveriam ser a cidade, o clube e os adeptos.

R – O que se segue para o FC Famalicão? Quais são os planos para este ano e para 2021, agora que a temporada está prestes a reiniciar-se?

IO - A nossa prioridade passa por completar a temporada em segurança e que todos – jogadores, staff e adeptos – estejam de boa saúde. Estivemos sempre preocupados com tudo o que se passou na cidade de Famalicão e mesmo em Portugal durante esta pandemia. Em termos desportivos, os planos são claros: pretendemos continuar a seguir o mesmo caminho, com um investimento sustentado no clube e nas suas infraestruturas para que o FC Famalicão se torne, de forma consistente, um clube de 1.ª Liga e continue a ser um orgulho para os seus adeptos.

Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record mais

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.