Battle of the Teams: a ideia revolucionária da RunCzech em tempos de pandemia

Na prática trata-se de uma prova por equipas, onde todos contam

A carregar o vídeo ...
The Battle of the Teams: o formato revolucionário vindo da Rep. Checa

Depois de ter lançado no ano passado vários formatos diferentes de provas, desde corridas em espaços inusitados como aeroportos e até fábricas de produção de cerveja, a RunCzech apresenta esta semana uma nova ideia que promete dar que falar e que pode até levar a uma nova era no mundo do atletismo (pelo menos no que à estrada diz respeito). Falamos da 'Battle of the Teams' (batalha de equipas, em português), que basicamente transforma um evento individual como a corrida em algo coletivo, onde todos contam para conseguir o triunfo final.

A primeira aparição desde novo formato está marcada para o final deste mês, a 30 de maio, com a presença de vários atletas de elite, tanto do país mas também de outros países europeus e africanos, numa corrida que será realizada em Praga, com partida na famosa Charles Bridge, um dos pontos mais emblemáticos da capital checa.

"Quando o mundo fechou por conta da Covid-19, as pessoas ficaram desesperadas, a querer continuar a ver competição de alto nível. Este evento surge para matar essa fome. Mas com este 'twist' torna-se em algo mais interessante, tanto para os corredores casuais como para outros adeptos", declarou Carlo Capalbo, o diretor da organização checa.

De acordo com as informações apresentadas, cada equipa contará com oito elementos (quatro homens e quatro mulheres), sendo que seis serão atletas fixos e outros dois servirão como suplentes para o caso de alguns dos titulares fiquem impossibilitados de participar. As equipas terão sempre um elemento checo (e um capitão de nacionalidade checa, que não correrá), sendo que a sua distribuição será feita com base nos recordes pessoais dos últimos 48 horas, de forma a tornar a luta o mais equilibrada possível. Quanto à classificação, serão atribuídos pontos com base na sua classificação final, que depois serão somados entre os seis corredores de cada equipa para definir a tabela final. Vence quem acabar com mais pontos.

Paralelamente a este novo formato, a RunCzech organiza uma edição virtual da sua maratona entre o período de 3 a 31 de maio, sendo que 10% do valor de cada inscrição será doado a uma instituição de caridade.

Por Record
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.