New Balance anuncia fecho das lojas e fábricas na Europa e Estados Unidos devido ao coronavírus

Medida estará em vigor pelo menos até dia 27 de março

• Foto: Getty Images

Seguindo a linha daquilo que já havia sido feito pela Nike, a New Balance avançou esta segunda-feira para o fecho temporário das lojas, escritórios e fábricas devido ao surto do coronavírus. De acordo com o comunicado emitido pela marca, assinado por Joe Preston, o presidente da marca, a New Balance explica que esta decisão contempla todos os espaços oficiais da marca nos Estados Unidos, Canadá e Europa Ocidental pelo menos até 27 de março.

De acordo com a nota, todos os elementos da empresa (pelo menos os da zona norte-americana) continuarão a receber os seus salários e benefícios durante este período. Ainda segundo o que foi comunicado, a NB não espera ter complicações na entrega de encomendas online, ainda que peça aos seus clientes paciência para eventuais atrasos.

"Temos todos de fazer a nossa parte para ajudar a conter o COVID-19. A New Balance já tinha tomado medidas de segurança neste sentido, incluíndo a limitação de viagens e um regime de teletrabalho, que continuarão em vigor até indicação em contrário", explica a marca norte-americana.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.