Revelado o plano de treinos de Kipchoge para fazer história na maratona

Documentário sobre o 'Ineos 1:59 Challenge' partilha alguns detalhes

É uma daquelas curiosidades que todos os corredores têm: como se preparam os atletas de elite para chegar às grandes provas e fazer tempos absolutamente 'loucos'? A resposta vai sendo dada por alguns através das redes sociais (o australiano Jack Rayner, por exemplo, partilha tudo no Strava), mas normalmente os atletas de topo optam por esconder o jogo por completo, não revelando sequer o tipo de treino que fazem.

Ora, a equipa de Eliud Kipchoge, através do seu treinador Patrick Sang, decidiu mudar um pouco o cenário e, através da segunda parte do documentário a propósito do 'Ineos 1:59 Challenge', revelou como é normalmente estruturado o plano de treinos do homem mais rápido do Mundo na maratona. O esquema, na verdade, é muito simples. O que é difícil é correr àquela velocidade!

Tudo começa na segunda-feira ao final do dia, com o reencontro do grupo, numa espécie de 'check up' antes do arranque dos trabalhos da semana. Na terça-feira é que a ação começa: um fartlek para os maratonistas do grupo e treino de pista para os atletas de pista. Na quarta-feira o plano normalmente passa por um treino de recuperação e trabalho de fortalecimento, antes de na quinta-feira chegar um dos dias mais importantes do plano: a corrida longa.

Patrick Sang não detalha quantos quilómetros normalmente são feitos, mas na semana passada, por exemplo, o plano passou por 40 quilómetros feitos em 2:15 horas (dados revelados pela NN Running Team nas redes sociais). Isto, recorde-se, num percurso repleto de sobe e desce no Quénia... Cumprido o longo, os atletas têm na sexta-feira novo dia de recuperação e de trabalho de fortalecimento. A fechar a semana, até porque o domingo é o dia de descanso para todos, no sábado é feita uma "sessão dura", com um treino de velocidade e fartlek, segundo aponta o técnico de longa data de Kipchoge.



Contas feitas: o quenianos e os seus pares fazem dois dias de recuperação, dois dias com treinos com velocidade e um treino longo, percorrendo no total qualquer coisa como 200 quilómetros semanais (segundo apontou Kipchoge recentemente). De notar que, exetuando no da do longo, normalmente há sessões bidiárias no plano.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0