Kia Sportage: Poder de atração

O modelo da marca coreana entra na 4.ª geração

Modelo crucial para a KIA em território europeu – significa um quarto do total das vendas –, o Sportage entra agora na 4.ª geração e a marca coreana não poupou esforços no sentido de renovar um SUV que, só em 2015, valeu qualquer coisa como 96 mil unidades comercializadas na Europa. O objetivo passa naturalmente por melhorar esta carreira comercial e, para o conseguir, a KIA fixou estratégia de quatro pontos na renovação do Sportage: maior poder de atração (leia-se ‘design’); mais inteligência; mais prático e maior dinâmica.

O resultado final desta carta de intenções foi revelada aos jornalistas numa apresentação realizada na região de Alicante, Espanha, e pode dizer-se que o construtor coreano cumpriu os pressupostos definidos para a 4.ª geração do Sportage. A começar pela estética que, sublinhando o estilo SUV, sugere pujança e óbvio respeito pela assinatura da KIA – a frente dominada pela grelha ‘nariz de tigre’ acompanha conjunto… atrativo.

Mais comprido do que a geração anterior (e com maior distância entre eixos), o novo Sportage marca pontos no espaço interior, na capacidade da bagageira e na utilização da tecnologia para acentuar a experiência de condução. O condutor segue em posição elevada, como é natural, encontra intuitivo painel de instrumentos e consola central dominada pelo ecrã que serve o sistema de navegação e pode contar com respostas interessantes das motorizações escolhidas.

O novo modelo da KIA chega a Portugal no próximo mês de março e tem vários argumentos para discutir posições numa das categorias mais aguerridas do mercado e que valeu 8.750 unidades vendidas no nosso país em 2015. Com vantagem para o… ‘campeão’ Nissan Qashqai.

O forte apelo do equipamento

É bem conhecida a tendência dos portugueses para ‘carregar’ no equipamento sempre que compram um carro novo e, nesse particular, a estratégia da KIA, embora não exclusiva para território nacional, vai agradar-lhes. Nesta 4.ª geração do Sportage a marca coreana apostou em versão especial, que designou GT Line. Tem ‘design’ exclusivo (cromados e dupla ponteira de escape, por exemplo) e faz a diferença pelo equipamento. Como os faróis de nevoeiro tipo ‘ice cube’ em LED, estofos em pele integral, painel de instrumentos com ecrã de 4,2’ a cores e pedais em alumínio, entre outros mimos. Esta versão GT Line só está disponível com motor gasolina de 177 cv ou diesel de 136 cv.

Tração integral só por encomenda

A gama Sportage em Portugal está dividida entre duas motorizações a gasolina e duas diesel, todas com tração às rodas dianteiras e servidas por caixa manual de 6 velocidades. A representação nacional da KIA só disponibiliza versão de 4 rodas motrizes se esta for encomendada e o preço deve ficar acima dos 40.000 euros. Há 3 níveis de equipamento – EX, TX e GT Line, funcionando este último como topo de gama. As preferências dos consumidores devem recair na versão TX (já inclui jantes de 19’) e os preços começam nos 27.550 para o Sportage a gasolina 1.6 GDi com 132 cv. O outro motor gasolina, 1.6 T-GDi, debita 177 cv e os preços começam nos 33.050. O topo de gama, versão GT Line e motor diesel 2.0 CRDI de 136 cv custa 38.050 euros.

Por Paulo Renato Soares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Motores

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.