Lexus RC 300h: Príncipe híbrido

A aliança entre motor gasolina 2.5l e motor elétrico permite potência combinada de 223 cv

A Lexus prossegue sem hesitações o caminho das versões híbridas em todos os modelos, afirmando-se como marca ‘premium’ que apela de forma consistente e objetiva ao sentido ecológico dos consumidores. A Europa pode não estar ainda tão sensibilizada para estas escolhas como estão os Estados Unidos ou o mercado chinês, e é também por isso que assume particular importância o lançamento de um modelo como o RC 300h.

Há uma versão (200t, com 245 cv) com motor gasolina 2.0 e turbo de dupla entrada, mas o coupé desportivo de duas portas assume a condição de princípe híbrido com o 300h. Os mais atentos à indústria automóvel (ou até à... Fórmula 1) sabem que a lógica destas versões passa pela aliança entre motor de combustão e motor elétrico. No caso RC 300h falamos do sistema Lexus Hybrid Drive, combinando bloco gasolina 2.5 litros (ciclo Atkinson) e motor elétrico para potência máxima de 223 cv. Os valores da aceleração dos 0 aos 100 km/hora registam 8,6 segundos e a velocidade máxima está fixada nos 190 km/h – números que não espantam pela dimensão, mas que configuram o essencial da identidade do RC 300h. A caixa de velocidades é automática de variação contínua, mas há sistema sequencial (patilhas no volante) que, uma vez escolhido entre os modos de condução, acentua o perfil desportivo.

Sempre obrigando a análise subjetiva, o ‘design’ escolhido pela Lexus para o coupé de duas portas e quatro lugares é categórico e apelativo nas intenções. A dianteira respeita a linha de família, com a enorme grelha a sugerir agressividade e puxando pelo dinamismo sugerido pelo conjunto.

Uma vez ao volante, e devidamente apreciado o ambiente ‘premium’ da Lexus, a experiência de condução pode ser sintetizada entre duas sensações-base. O RC 300h, que pode ter afinação específica nas suspensões dianteira e traseira (versão F Sport), responde bem aos pedidos, enfim, mais entusiasmados, mas também é capaz de afirmar-se pela tranquilidade e pelo silêncio – não falta modo de condução elétrico, EV.

No final, e depois dos olhares de aprovação que fomos registando ao longo dos dias que o conduzimos, o maior elogio que pode fazer-se ao RC 300h é a inteligente mistura entre lógicas desportivas e o respeito pelo meio ambiente. Não há muito quem.



Berlina desportiva GS F disponível por encomenda

Antes da experiência de condução mais alargada com o RC 300h, tivemos oportunidade para contacto muito especial. Integradas na ação ‘Amazing in Motion’, a Lexus levou até ao Autódromo do Algarve algumas unidades do GS F, a berlina desportiva que discute posições com um BMW M5 ou um Mercedes AMG.
A pista algarvia foi o palco ideal para conduzir o automóvel que a Lexus sublinha ser o desportivo "mais potente" com motor V8 alguma vez desenvolvido pela marca. São 477 cv e 530 Nm de binário retirados do bloco 5.0 litros e aplicados no eixo traseiro. Os sistemas de segurança, a eletrónica (limita a velocidade máxima a 270 km/h) e os interiores sublinham a exclusividade. Só por encomenda e a partir de €138.750.

Por Paulo Renato Soares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motores

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.