A escolha de Vítor Melícias

Equipa divinal

O trocadilho do título é fácil, mas irresistível quando em apreço estão as escolhas de um padre franciscano para aquele que seria o seu onze ideal. Sportinguista assumido, Vítor Melícias apostou, sobretudo, em nomes míticos do futebol mundial, como, por exemplo, Lev Yashin para a baliza. Na defesa, optou pelos centrais Germano e Beckenbauer, colocando nas alas Pepe (este ‘adaptado’) e Roberto Carlos. O meio-campo é ‘clássico’, com Maradona, Bobby Charlton e Cruyff. E, na frente, o inevitável Eusébio, secundado pelas estrelas do futebol atual, Messi e Cristiano Ronaldo. É, sem dúvida, uma equipa ‘divinal’. Com ou sem trocadilho.



Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Onze de Sonho

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.