Ronnie O'Sullivan: Entre a genialidade e a loucura

"Não existem génios sem uma pitada de loucura", dizia Aristóteles. Pois bem, o mesmo se podia aplicar a Ronnie O’Sullivan, que tem sido tão pródigo em êxitos como em escândalos. Mas uma coisa é certa: estamos a falar do jogador mais mediático e popular que o snooker já conheceu. Originário de Essex, nos subúrbios de Londres, Ronald Antonio O’Sullivan, de 40 anos, é filho do irlandês Ronald John O’Sullivan e da siciliana Maria Catallana, e pai de três crianças: Taylor, Lilly e Ronald.

Enquanto os pais geriam uma cadeia de ‘sex shops’, Ronnie despontava já nos torneios juniores e amadores de snooker como um talento a ter em conta para os anos vindouros. O que estava então para vir? Bem, isso é história. E está aqui ao lado...

1992/93

Durante o primeiro ano como profissional, regista um impressionante total de 74 vitórias em 76 jogos.

1995/96

Frente a Alain Robidoux, utiliza a mão esquerda em diversas jogadas, sendo acusado de desrespeito, através de uma queixa formal por parte do seu adversário. Nessa mesma época, recebe pesada multa por ter agredido o jornalista Mike Ganley.

1996/97

Regista a tacada máxima (147 pontos) em tempo recorde de 5 minutos e 20 segundos. Um máximo no snooker que ainda hoje perdura.

1997/98

É-lhe retirado o título relativo ao Irish Masters, por num controlo ter acusado positivo em cocaína.

1998/99

Surgem os primeiros indícios de depressão, aliados a desistências de torneios e trocas de palavras azedas com adversários.



2000/01

Consegue finalmente alcançar o título de campeão do Mundo.

2002/03

Já cimentado na primeira posição do ranking mundial, torna público que a depressão e ansiedade causadas pela competição estavam a levar a melhor, considerando abandonar a prática da modalidade.

2003/04

Convida o hexacampeão do Mundo, Ray Reardon, para ser seu mentor. Nesta mesma época, volta a ser campeão mundial.

2005/06

Cai de forma prematura no UK Championship, frente ao modesto Mark King, tendo estado a maior parte do jogo com uma toalha a cobrir-lhe a cara. 2006/07 Espanta toda a gente ao conceder o jogo frente a Stephen Hendry, no UK Championship, depois de falhar uma bola considerada fácil.

2007/08

Após a derrota no Open da China, é severamente punido por fazer comentários de cariz sexual, em conferência de imprensa perante jornalistas chinesas. Dá a volta da melhor forma possível, tornando-se tricampeão do Mundo logo no mês seguinte.

2014/15

Joga descalço durante parte do jogo da primeira ronda do Mundial. É Mike Ganley (sim, o mesmo que Ronnie agredira, em 1996) que lhe empresta um par de sapatos para o confronto poder continuar.

2015/16

Cada vez mais seletivo nos torneios em que participa, só entra no ativo em janeiro deste ano, tendo registado uma impressionante sequência de 24 jogos consecutivos a vencer, com dois títulos pelo meio; é distinguido pela Rainha de Inglaterra com a Ordem do Império Britânico.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Perfil

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.