Irmão de Dybala investigado por suspeitas de quebrar quarentena

Jogador da Juventus está infetado com o coronavírus

• Foto: Lusa/EPA

O irmão de Paulo Dybala, um dos jogadores da Juventus infetados com coronavírus, está a ser investigado pelas autoridades argentinas por suspeitas de ter violado o isolamento a que estava obrigado após regressar a Córdoba de uma viagem a Turim (Itália) na companhia da namorada e da mãe, isto depois de o colega de Cristiano Ronaldo na Juventus ter testado positivo ao novo coronavírus.

Segundo a imprensa argentina, Gustavo Dybala terá sido denunciado por alguns moradores após ter saído de casa com a companheira apenas dois dias depois do início da quarentena. Depois disso, foram ambos isolados no hospital, tal como a mãe de Dybala. Gustavo Dybala está agora sujeito a uma pena de prisão que poderá ir de seis meses a dois anos. 

Recorde-se que a Argentina, como inúmeros outros países em todo o Mundo, está em estado de quarentena obrigatória desde 9 de março devido à propagação da pandemia do coronavírus e assim deverá manter-se nas próximas semanas. 





Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0