Coronavírus: Matemático admite que número de infetados real em Portugal é de 47 mil

"Os casos que chegam aos hospitais são 20%", frisou Jorge Buescu, para quem "não se está a fazer o suficiente para seguir esses invisíveis"

Coronavírus Portugal
Coronavírus Portugal

Portugal anunciou, este sábado, que existem 5170 casos confirmados de covid-19 no nosso país. Mas o matemático Jorge Buescu admite que haja, pelo menos, 47 mil pessoas infetadas pelo novo coronavírus no País. 

À Rádio Renascença, o também professor da Universidade Nova de Lisboa explicou que adaptou "um método desenvolvido por um catedrático de Análise Matemática da Universidade de Sevilha, Antonio Durán, que concebeu um método para estimar precisamente esse número, o dos invisíveis, e que são a maioria". O valor de 47 mil infetados tem como base os números de sexta-feira. 

"Os casos que chegam aos hospitais são 20%", frisou Jorge Buescu, para quem "não se está a fazer o suficiente para seguir esses invisíveis". "Partimos do princípio de que as quarentanas estão a ser eficazes, pelo que 90 mil é o cenário pior, é o que supõe que não estão a ser eficazes. O numero real andará algures ali a meio [na casa dos 40 mil]", explica Jorge Buescu.

A pandemia da covid-19 matou quase 28 mil pessoas e infetou mais de 600 mil em todo o mundo desde seu surgimento em dezembro na China. Também este número de casos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma fração do número real de infeções, com um grande número de países agora a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.