Tite elogia atitude de Neymar: «Mostra que no futebol existem adversários e não inimigos»

Avançado foi abraçar Messi após a derrota na final da Copa América, num gesto que mereceu comentários do selecionador brasileiro

Tite
Tite
Tite

O Brasil perdeu a final da Copa América e, no final da partida, Tite não escondeu a tristeza mas elogiou a prestação da Argentina.

"O importante é o reconhecimento, por mais doloroso e por mais difícil que seja, do valor de quem está do outro lado. Apesar do sentimento de tristeza, há que olhar para o outro lado. A Argentina foi mais efetiva e conquistou o título", disse o selecionador canarinho, quando questionado sobre o facto de, pela primeira vez, o Brasil não ter ganho a Copa América a jogar em casa.

Tite elogiou também a postura de Neymar, que depois de chorar a derrota foi felicitar a abraçar o amigo Messi. "É uma atitude que mostra que no futebol existem adversários e não inimigos, que o desporto pode deixar um legado do lado humano e educacional. A confraternização entre rivais passa uma mensagem ao público de que, por mais dor que se tenha, há que reconhecer o valor do outro", frisou.

O selecionador do Brasil mostrou-se também satisfeito pelo trabalho feito pela sua equipa, e por todos os jogadores terem sido utilizados, queixando-se, ainda assim, de algum "anti-jogo" da Argentina e de algumas falhas organizativas.

A Argentina conquistou a sua 15.ª Copa América, igualando o Uruguai e acabando com um 'seca' que durava desde 1993, ao vencer no sábado o Brasil por 1-0, em pleno Maracanã, com um golo de Di María, aos 22 minutos, no primeiro título na 'era' Messi.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Copa América

Notícias

Notícias Mais Vistas