Selecionador da Bulgária demite-se após episódio de racismo no jogo com a Inglaterra

Krasmir Balakov segue o presidente da União Búlgara de Futebol, também já tinha anunciado a demissão

Insultos racistas obrigaram a paragem no Bulgária-Inglaterra
Insultos racistas obrigaram a paragem no Bulgária-Inglaterra

O selecionador da Bulgária, Krasmir Balakov, demitiu-se do cargo na sequência do episódio de racismo no encontro frente à Inglaterra, perdido por 6-0, alusivo à fase de qualificação para o Euro 2020. A notícia é avançada pela Sky Sports.

Recorde-se que o jogo teve de ser interrompido duas vezes devido a cânticos racistas dos adeptos búlgaros contra os jogadores ingleses.

Na terça-feira, também o presidente da União Búlgara de Futebol, Borislav Mihaylov, apresentou a sua demissão.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.