Flamengo subscreve opinião de Jorge Jesus: «Arbitragem desastrosa e muito prejudicial»

Emblema brasileiro aponta já ao jogo da Libertadores

Depois de Jorge Jesus, também o Flamengo se pronunciou sobre a arbitragem. O treinador português arrasou por completo a prestação do vídeo árbitro no Atlético Paranaense-Flamengo (0-2). Isto numa partida em que o VAR reverteu um penálti a favor do líder do Brasileirão, entre outras decisões contestadas pelos jogadores do Mengão e por JJ.

"A coincidência temporal entre a pressão pública feita por direções de concorrentes ao título e o ocorrido em campo no jogo contra o Athletico Paranaense preocupa-nos muito. A atuação da arbitragem, tanto no campo quanto no VAR, foi desastrosa e muito prejudicial ao Flamengo. Esperamos que episódios como esses não voltem a ocorrer, especialmente no dia 23, quando o árbitro de hoje estará envolvido novamente numa partida importantíssima", pode ler-se num comunicado divulgado no site do clube.

O 'recado' do dia 23 é dirigido a Bráulio da Silva Machado, o juiz da partida de ontem que já foi nomeado para ser AVAR no Flamengo-Grémio, da 2.ª mão das meias-finais da Libertadores (1-1 na 1.ª mão), agendada para a madrugada de dia 24 de outubro (1h30, em Portugal continental).

Leia o comunicado na íntegra:


"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta ter que se posicionar a respeito da arbitragem do Campeonato Brasileiro. Acreditamos que reclamações por parte de qualquer diretoria mancham a imagem do campeonato e, por isso, vínhamos a adotar como postura não nos manifestarmos depois de cada jogo, apesar de já termos presenciado várias situações que, ao nosso ver, prejudicaram claramente a nossa equipa. 

Não podemos, porém, calar-nos após o acontecido na partida de hoje [ontem]. A coincidência temporal entre a pressão pública feita por diretorias de concorrentes ao título e o ocorrido em campo no jogo contra o Athletico Paranaense preocupa-nos muito. A atuação da arbitragem, tanto no campo quanto no VAR, foi desastrosa e muito prejudicial ao Flamengo. 

Esperamos que episódios como esses não voltem a ocorrer, especialmente no dia 23, quando o árbitro de hoje estará envolvido novamente numa partida importantíssima. 

Uma arbitragem isenta e de alto nível: isto é o que o futebol brasileiro deseja e precisa".

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.