Presidente do Flamengo põe ponto final na polémica com prémios dos jogadores

«Existe apenas uma discussão em relação a um critério», diz Rodolfo Landim

• Foto: Reuters

A polémica sobre os atrasos nos prémios de jogo, que terá colocado em conflito os jogadores e a direção do Flamengo, foi desmentida, horas antes da final com o Liverpool, pelo presidente Rodolfo Landim, que negou qualquer mal-estar. "Está tudo perfeito. Não existe qualquer discussão em relação ao pagamento aos jogadores e à comissão técnica. Existe, apenas, uma discussão em relação a um critério de rateio entre os demais profissionais que fazem parte do futebol", explicou o líder do Mengão, que, apesar da derrota, viu os cofres engordar 3,7 milhões de euros, prémio destinado ao vice-campeão do Mundial de Clubes.

A verba total arrecadada pelo Flamengo esta temporada foi de 33,2 milhões de euros em prémios, valor que poderá fazer a diferença numa altura de final de época e no qual vai ser discutida a continuidade de Jorge Jesus e Gabigol para 2020.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.