Rafinha: «Trabalho de Jorge Jesus no Flamengo foi f...»

Jogador antevê problemas para o sucessor do treinador português

Rafinha está à espera de saber quem vai ser o seu próximo treinador no Flamengo mas garante que, seja quem for, vai ter problemas em manter o que Jorge Jesus alcançou no clube brasileiro.

"É complicado agarrar numa equipa na situação em que estamos porque tudo que acontecer agora vai ficar na sombra dele. O Jorge Jesus teve mais título que derrota, o trabalho dele foi f..., foi demais. Agora sendo realista, nenhum técnico que vier para o Flamengo vai querer manter a linha dele. Imagina se você tiver um treinador e disser para nós continuarmos a fazer o que estávamos a fazer, isso não acontece no futebol. Cada treinador tem o seu método de trabalho, o seu sistema. E isso vai custar, mas é o que sempre  se diz: agora é outro ciclo que começa. Jorge Jesus acabou, não está mais. Então é um novo ciclo que começa. Vai começar a ganhar? Vai começar a perder? Ninguém sabe", afirmou à ESPN.

O defesa brasileiro vai mais longe e diz mesmo que o Flamengo não se preparou para a saída do treinador português. "Temos de ser realistas: nessa parte o Flamengo falhou. Ninguém imaginava que ia acontecer isso, ninguém pensava que ele ia sair, ainda mais tendo renovado um mês antes. Então nessa parte até o próprio clube já se pronunciou dizendo que falharam. Não ter uma segunda opção caso ele rescindisse ou voltasse para o país dele, o Flamengo não se preparou para isso. Não dá para culpar a direção, o Flamengo preparou-se para renovar com ele, aí ele chegou e disse que tinha outro projeto, tinha família lá e pronto", concluiu.

Agarrado a Everton Ribeiro e Rafinha e a voz a falhar no fim: o discurso de despedida de Jorge Jesus

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.