Lágrimas e acusações ao Valencia: Garay 'parte a loiça' e fala em difamação e mentiras

Jogador revoltado com atitude do clube

A carregar o vídeo ...
Garay não segura as lágrimas a falar sobre as "mentiras" do Valencia

A mulher, Tamara Gorro, já tinha dado a alfinetada, mas agora foi mesmo a vez de Ezequiel Garay pôr os pontos nos 'is' sobre a sua situação no Valencia. Num comunicado lido num vídeo de 12 minutos na sua conta de Instagram, o ex-Benfica aponta à "campanha difamatória" levada a cabo pelo clube che.

"Dá-me pena chegar a este ponto, mas vejo-me obrigado a fazê-lo por causa da campanha de difamação que se está a fazer contra a minha pessoa e não estou a falar da comunicação social. Refiro-me às pessoas do meu clube que pelos vistos têm intenção de desacreditar-me como profissional e como pessoa", afirmou enumerando "todas as mentiras" que se têm dito sobre a sua renovação com o Valencia, um vídeo no qual se emocionou por diversas vezes.

Recusada oferta de 2,7 milhões de euros limpos? "Falso e dá a entender que não quero ficar no clube". Garay revela que a 2 de julho recebeu uma "oferta muito inferior" e que seria negociada no verão. Apesar da instabilidade com o caso Marcelino logo depois, o argentino informou o clube da sua intenção de renovar. A 13 de novembro, o defesa volta a afirmar ao clube que quer renovar. Garay recebe outra oferta inferior e "chega-se a um acordo verbal à espera do contrato".

A 7 de janeiro, reúne-se com o presidente do Valencia e voltam a "mudar as condições acertadas" anteriormente: ainda assim, diz o defesa, dá uma nova oportunidade ao clube. Mas chega um novo interlocutor, César Sánchez, e volta a "ficar tudo paralisado". A 1 de fevereiro, Garay lesiona-se. "O próprio César y Célades fez saber que tinha intenção de renovar comigo. Pergunto o que se passa com a minha renovação e a resposta é silêncio. Até ao dia de hoje não me passaram qualquer oferta nem a intenção de renovar".

E conclui: "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas, a minha família... Custa-me ver os meus filhos pequenos perguntarem-me 'por que é que estás triste papá?'. Estou muito triste pelo que estão a fazer-me. É fácil acreditar nas mentiras. Mas as verdades, infelizmente, têm de ser provadas e justificadas".

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Ezequiel Garay (@ezequielgaray24) a

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.