Unai Emery admite "discussão" entre Neymar e Cavani

Técnico não desvenda marcador de penáltis e revela uma "boa harmonia" no grupo

A carregar o vídeo ...
Cavani queria bater o livre mas Dani Alves não deixou
O treinador do Paris SG, Unai Emery, confirmou, esta quinta-feira, a existência de uma "conversa" entre Neymar e Cavani, no final do último encontro dos parisienses, no passado domingo (vitória por 2-0 frente ao Lyon, em casa), que ficou marcado por uma disputa pela marcação das bolas paradas entre os dois jogadores. Porém, o técnico espanhol procurou desvalorizar os acontecimentos.

"Num estado emocional muito alto, pode ter havido uma conversa, que pode ser chamada de discussão, mas que é normal e acontece em todas as partidas", defendeu Emery, na conferência de antevisão ao jogo frente ao Montpellier, que ocorre este sábado. Porém, "o que aconteceu não estraga o bom ambiente existente no grupo", prosseguiu.

O técnico assumiu, ainda, que tanto o brasileiro como o uruguaio "são dois jogadores muito competitivos, com objetivos individuais" mas que querem "o melhor para equipa".

Quem fica com os penáltis?

A pergunta é, portanto, inevitável. Quem é o responsável pelos penáltis? "São os dois, porque ambos são capazes e podem assumir a responsabilidade", anunciou o treinador, sem assumir ordem de preferência. "Primeiro direi aos jogadores e depois a toda a equipa", explicou, em relação ao próximo jogo.

Unai Emery aproveitou a oportunidade para negar qualquer facção brasileira dentro do grupo, tendo, novamente, realçado o bom ambiente vivido no balneário. "O futebol, hoje, é mais aberto. O critério principal é a qualidade do jogador e a sua capacidade para jogar em equipa, não a nacionalidade."

Desta forma, os adeptos terão de esperar até às 16H00 do próximo sábado, quando o Paris SG enfrentar o Montpellier, fora de portas, para perceberem quem será o próximo marcador de um penálti - Neymar ou Cavani.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas