Tebas volta ao ataque: «PSG ganha 400 milhões em receitas e gasta 600 só em salários»

Presidente da LaLiga fala no desequilíbrio financeiro entre as várias ligas europeias

• Foto: Movenotícias

O 'Festival dello Sport' deste sábado parece ter tido o PSG quase como pano de fundo, com o diretor-desportivo Leonardo a pedir castigo ao Real Madrid e o presidente da La Liga... a pedir 'contas' ao PSG. Javier Tebas voltou a falar no desequilíbrio financeiro entre as várias ligas europeias e apontou aos parisienses.

"As regras são necessárias, sem elas surge uma equipa como o PSG que ganha 400 milhões de euros em receitas e gasta 600 apenas com salários. Não é nossa culpa se o Messi não tenha renovado, temos um teto salarial e isso torna a La Liga sustentável. A venda [de Messi] não foi culpa minha. O futebol precisa de sustentabilidade: a Serie A tem vindo a perder dinheiro há 20 anos e isso também acontece em França. Na Alemanha e em Espanha não", afirmou. 

E prosseguiu: "O calcio é o único campeonato que pode chegar próximo da Premier League por vários fatores: PIB, população, a paixão... Para Espanha, será difícil ter os mesmos ganhos que a Premier, mas devemos permanecer próximos para continuar sendo competitivos".

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de PSG

Notícias

Notícias Mais Vistas