Adama Traoré e o óleo de bebé: «No início os adversários perguntavam: 'O que aconteceu?»

"Sou muito mais do que velocidade", disse o jogador do Wolverhampton

Adama Traoré vive um dos melhores momentos da carreira. É figura no Wolverhampton de Nuno Espírito Santo e tem sido chamado por Luis Enrique à seleção de Espanha.

O jogador é notícia também devido ao seu poderio físico. E para escapar aos adversários, a notícia do óleo de bebé nos braços deu que falar. Os adversários ficaram confusos, como explica Adama Traoré.

"A equipa técnica teve uma ideia muito inteligente, porque sabiam que estava a ter problemas com o ombro. Os adversários agarravam-me o braço para não me mexer, puxavam-me o ombro. Se colocar óleo, é impossível que me agarrem, especialmente se estiver em movimento. No início foi muito engraçado, por muitos agarravam-me o braço e não me conseguiam apanhar. Perguntavam-me 'O que é que aconteceu?', e eu dizia que não sabia de nada. Toda a gente sabe agor, mas não importa. É importante para mim, porque os jogadores têm de usar outra tática. Agora que tenho óleo no braço consigo fugir", atirou em entrevista ao 'Daily Mail'.
A prova do 'crime': óleo de bebé é mesmo o segredo de Adama Traoré


Adama Traoré abordou ainda o seu estilo de jogo e lembrou que é muito mais do que apenas velocidade e força.

"Não acho que a velocidade tenha a ver com a cor da pele, embora, para mim, isso não importe porque eu sei o que tenho, sei como jogo, sei o que dou e se as pessoas pensam que eu sou só velocidade tudo bem, sem problemas, o problema é que vão acabar por ter uma surpresa."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.