Paulo Fonseca promete Roma "competitiva e corajosa" para a próxima época

Técnico português orientou os ucranianos do Shakhtar Donetsk nas últimas três temporadas

• Foto: Reuters

O treinador português Paulo Fonseca prometeu esta quarta-feira que vai fazer da Roma uma equipa "competitiva e corajosa" na primeira liga italiana, salientando que vencer jogos não é suficiente. Um dia depois de ter sido oficializado como técnico principal do clube da capital italiana para as próximas duas épocas, com a possibilidade de uma terceira, Paulo Fonseca concedeu uma entrevista ao site oficial do novo clube.

"A única coisa que posso prometer é formar uma equipa competitiva e corajosa. Tenho a certeza de que construiremos uma equipa em que os adeptos possam ter orgulho. Isso vai acontecer, tenho a certeza. E se tivermos estes ingredientes, teremos mais chances de vencer ", declarou.

Paulo Fonseca, que orientou os ucranianos do Shakhtar Donetsk nas últimas três temporadas, admitiu que vencer jogos é o principal objetivo, porém, quer ver as suas ideias implementadas no campo. "Para mim não é suficiente ganhar. Eu gosto de ganhar, mas também quero ver nossas ideias implementadas no campo. Quero ver uma qualidade exibicional alta, que deixem os adeptos entusiasmados. Isso é muito importante para mim", justificou.

Sobre a escolha de treinar no campeonato italiano e de orientar os 'giallorossi', o antigo treinador de Sporting de Braga, FC Porto e Paços de Ferreira confessou que é ambicioso e sempre teve intenção e o "sonho" de rumar a uma das "maiores ligas da Europa".

Paulo Fonseca prepara revolução no plantel da Roma: os alvos na mira do português
Paulo Fonseca
Higuaín (Chelsea)
Van de Beek (Ajax)
Veretout (Fiorentina)
Bruno Guimarães (At. Paranaense)
Lucas Veríssimo (Santos)
Daniel Guedes (Góias)
Ismaily (Shakhtar)
Paulo Fonseca
Higuaín (Chelsea)
Van de Beek (Ajax)
Veretout (Fiorentina)
Bruno Guimarães (At. Paranaense)
Lucas Veríssimo (Santos)
Daniel Guedes (Góias)
Ismaily (Shakhtar)
Paulo Fonseca
Higuaín (Chelsea)
Van de Beek (Ajax)
Veretout (Fiorentina)
Bruno Guimarães (At. Paranaense)
Lucas Veríssimo (Santos)
Daniel Guedes (Góias)
Ismaily (Shakhtar)
"Eu sempre quis treinar numa das maiores ligas da Europa e Itália tem uma das ligas mais fortes. A Roma é um dos maiores clubes da Europa. Eu sou muito ambicioso e foi um dos principais objetivos da minha carreira. Quando surgiu esta oportunidade, depois de três anos de grande sucesso na Ucrânia, senti que era o momento certo para sair e tentar concretizar o meu sonho", contou.

O português disse ainda que "não teve dúvidas" em aceitar o "desafio", agradecendo ainda a oportunidade e confiança depositadas pelo presidente da Roma, James Pallotta.

No Shakhtar Donetsk, Paulo Fonseca conquistou três títulos de campeão nacional, três vezes a Taça da Ucrânia e uma Supertaça.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.