«Sem birras de estrela»: italianos destacam atitude de Cristiano Ronaldo após corte salarial

'Gazzetta dello Sport' diz que recetividade do português foi decisiva na negociação com o restante plantel

Cristiano Ronaldo está a ser muito elogiado em Itália depois de ter abdicado de parte do salário na Juventus, em função da diminuição de receitas provocada pela pandemia de Covid-19. A 'Gazzetta dello Sport' considera o português um "jogador de equipa" e enaltece a sua recetividade para abdicar de 10,3 milhões de euros sem qualquer tipo de "birras". O avançado recebe qualquer coisa como 31 milhões de líquidos por época.

A recetividade de CR7 tornou tudo mais simples e Fabio Paratici, diretor-desportivo, conseguiu convencer os restantes jogadores a baixar igualmente o ordenado, numa medida que visa atenuar o impacto económico da suspensão das competições.

O papel de Chiellini em todo o processo também é destacado. O central é descrito como o "embaixador" do acordo, a par de Buffon e Bonucci.

Quanto a Ronaldo, de 35 anos, está no Funchal há algum tempo. O astro português viajou para a Madeira devido aos problemas de saúde da mãe, Dolores Aveiro (sofreu um AVC), e aí permanece na companhia da família, longe da realidade nefasta que se vive em Itália.

Cristiano Ronaldo e Georgina em passeio nas ruas do Funchal

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0