Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F
Grupo G
Grupo H

Graham Arnold: «O que eu disse aos meus jogadores? Nada de redes sociais até as 4 ou 5 da manhã»

Selecionador da Austrália e a qualificação para os 'oitavos' do Mundial

• Foto: Epa
Graham Arnold, selecionador da Austrália, abordou o triunfo da Austrália (1-0) sobre a Dinamarca que garantiu a qualificação para os oitavos-de-final do Mundial.

"Estou muito orgulhoso dos jogadores, do seu comprometimento e espírito de luta. A Dinamarca é uma equipa muito boa, com jogadores que jogam nas grandes Ligas europeias. O que eu disse aos meus jogadores? Nada de redes sociais até as quatro ou cinco da manhã, que o mais importante era recuperar, dormir bem, e estar pronto para o próximo jogo. Foi isso que lhes disse. Tenho alguma experiência de vida e sei que os jogadores gostam de ver ou ler os elogios a seu respeito nas redes sociais, mas detestam quando leem coisas desagradáveis, e quando isso acontece, não dormem bem. Eu digo-lhes para dizerem piadas, para se rirem antes de ir para a cama, para ouvirem a música 'pop' que gostam", vincou o técnico, enaltecendo o mérito do futebol "asiático", onde Austrália efetuou a qualificação.

"Estou tão orgulhoso dos rapazes. É a primeira vez que uma equipa da Austrália ganha duas partidas consecutivas num Mundial. Podemos falar de uma nova geração de ouro. Muito se falou sobre a geração de 2006, que se apurou para os oitavos de final com quatro pontos. Ora nós fizemo-lo com seis pontos. Estes 'meninos' estão cada vez mais fortes, mas, ao mesmo tempo, os jogadores mais experientes também cresceram muito para se tornarem líderes. O Mathew Leckie, por exemplo, tem sido incrível nesse aspeto. A nossa qualificação para os oitavos de final é bom para o futebol asiático, que está cada vez mais forte, especialmente no Médio Oriente, mas também no Japão e na Coreia do Sul", finalizou.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo