Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F
Grupo G
Grupo H

Diogo Costa e a titularidade frente à Turquia: «Foi muito especial para mim»

Guarda-redes revelou que Cristiano Ronaldo lhe disse para confiar nele próprio e no instinto antes do penálti falhado por Yilmaz

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Diogo Costa foi titular pela primeira vez num jogo oficial da equipa principal de Portugal e, após a vitória diante da Turquia, mostrou-se orgulhoso antes de apontar baterias ao jogo decisivo com a Macedónia.

"Claramente, foi muito especial para mim. Trabalho para isto e faço o que mais gosto todos os dias. Neste momento, não sei o que dizer. Apenas estou muito orgulhoso de mim e muito agradecido de me ter focado e trabalhado. Agora, interessa-nos jogar contra a Macedónia do Norte. É aí que está o nosso foco", começou por dizer à RTP.

Quando soube que ia ser titular?

"Foi antes do aquecimento. Foi um momento muito especial e arrepiante para mim. Acima de tudo, dei o máximo como dou em todos os jogos e treinos. Sabia que, ao fazer isso, também estaria bem no jogo", acrescentou.

Penálti falhado pela Turquia

"Pensei que ele [Burak Yilmaz] fosse chutar para a minha esquerda. O corpo dele disse-me isso. Acreditei. Se calhar, falhou porque me viu a ir para aquele lado. O que ouvi do Cristiano Ronaldo? Para confiar no meu instinto e em mim. É um orgulho jogar com ele. Jogar com os melhores deixa-me muito orgulhoso e feliz."

Jogo com a Macedónia do Norte?

"Acho que não pensávamos que não jogaríamos com a Itália. Só que um jogo é um jogo e os jogadores têm de respeitar todas as seleções. É um jogo difícil como se fosse contra a Itália. Cabe-nos dar o máximo para ajudar este país", finalizou.

Por Record com Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão