Fernando Santos lembra Eusébio para elogiar Ronaldo: «Os grandes jogadores são isto»

Reação do selecionador nacional ao triunfo diante da República da Irlanda

Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo ao apontar os dois golos que permitiram a Portugal derrotar a República da Irlanda na qualificação para o Mundial'2022. No final da partida, Fernando Santos elogiou o capitão da Seleção Nacional e lembrou... Eusébio. 

"O Ronaldo sempre foi isto na sua história. Os grandes jogadores são assim, às vezes os jogos parece que não estão bem. Tinha um treinador, há muitos anos, Jimmy Hagan, e uma vez perguntei 'porque é que o Eusébio não sai quando não está a jogar bem?'. E depois quando for preciso onde é que está o Eusébio? Os grandes jogadores são isto. Podem não estar tão bem mas aparecem com tudo e resolvem os jogos", disse o selecionador nacional, à RTP.

Análise ao jogo: "Nos primeiros 15, 20 minutos a equipa esteve bem. Entrámos bem, com o penálti, uma bola no poste, circulação correta e a procurar jogar. Tínhamos o jogo controlado. O Palhinha muito, muito bem, a garantir segundas bolas e as bolas mais longas. A equipa depois perdeu capacidade de reação à perda, as segundas bolas começaram a não ser nossas e o adversário conseguiu colocar longe e criar problemas. Houve uma série de factores que levou a equipa a não tenha estado bem a recuperar a bola. Ele fizeram golo num lance de bola parada, numa jogada que conhecíamos. Mas o futebol é isso. Na 2.ª parte tivemos de partir um pouco o jogo, colocando o André Silva e o Cristiano mais no lado esquerdo e procurámos o flanco. Fomos fazendo alterações para chegar à vitória. A equipa começou a pressionar mais, instalámo-nos no meio-campo adversário, correndo algum risco. Ficámos a jogar praticamente com dois defesas, tínhamos de arriscar tudo e fomos felizes. Felizes não, fizemos dois grandes golos e a vitória é justa."

Alterações na equipa: "No início da 2.ª parte pensava que podíamos flanquear melhor. Com o Cristiano à esquerda, jogando mais dentro, e com o Raphael a entrar. Nestes jogos quando começa a ficar assim uma das soluções é a segunda bola. Houve várias situações. Houve ali uma fase em que a bola parecia não querer entrar. Isso dá alguma ansiedade mas os jogadores estão de parabens. Deram tudo para dar a volta e é um resultado justíssimo."

Por Record
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2022

Notícias

Notícias Mais Vistas