River Plate contesta final da Libertadores em Madrid e avança com ações legais

Clube emite comunicado e garante que vai recorrer da decisão da Conmebol

• Foto: Reuters

O River Plate emitiu um comunicado em que garante que vai apelar da decisão da Conmebol de levar o jogo da segunda mão da final da Taça dos Libertadores da América para o Santiago Bernabéu, em Madrid. O clube quer que o encontro se realize em sua casa, no Monumental, como estava inicialmente definido.

"O River Plate informa que realizará todas as ações legais e que fará os apelos pertinentes em relação à decisão da Conmebol e do seu Tribunal de Disciplina de mudar a sede do jogo da final da Taça dos Libertadores de 2018, bem como a sanção económica e a proibição de disputar com público dois jogos oficiais organizados pela Conmebol", informou o clube argentino.

Recorde-se que o River foi condenado a pagar uma multa de 400 mil dólares (cerca de 350 mil euros) pelos graves incidentes que levaram ao adiamento do jogo, tendo ainda de cumprir dois jogos à porta fechada.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.