Neymar recebe apoio de peso: «Pena eu não jogar contra esse racista de merda»

Thiago Silva, Felipe Melo, Dani Alves e... Jair Bolsonaro ao lado do jogador do PSG na polémica com Álvaro González

As acusações de racismo apontadas por Neymar na polémica com Álvaro González no PSG-Marselha já levantaram uma onda de apoio. Thiago Silva (ex-PSG), Felipe Melo – "Fez bem, pena eu não jogar contra esse racista de merda!", escreveu o veterano médio do Palmeiras – e Dani Alves mostraram-se solidários com o compatriota. Também Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, colocou-se ao lado de Neymar. 

Neymar utilizou, entretanto, as redes sociais para mostrar arrependimento da aagressão a Álvaro mas exigiu um castigo ao rival do Marselha. "Uma ação levou a uma reação e chegou onde chegou. Aceito a minha punição porque deveria ter seguido no caminho da disputa limpa do futebol. Espero, por outro lado, que o defensor também seja punido", escreveu o craque do PSG. "As agressões, insultos e palavrões são do jogo. Não dá para ser carinhoso. Entendo-o, em parte. Faz parte. Mas o preconceito e a intolerância são inaceitáveis. Eu sou negro, filho de negro, neto e bisneto de negro. Tenho orgulho e não me vejo diferente de ninguém", desabafou Neymar, nas redes sociais.

As imagens que mostram toda a confusão entre Neymar e Álvaro González

Por Record
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.