Wolverhampton termina Premier League sem golos de jogadores ingleses

Portugueses da equipa balançaram as redes adversárias por 14 vezes

• Foto: Reuters

A Premier League terminou este fim-de-semana e o Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo, caiu do 6.º para o 7.º lugar na última jornada do campeonato e falhou, para já, o apuramento para as competições europeias da próxima época.

Contudo, a equipa destacou-se por uma particularidade: nenhum jogador inglês da equipa marcou ao longo das 38 jornadas da prova. Tal fenómeno só tinha acontecido por quatro vezes na história da Premier League: Fulham (em 2001/02 e 2005/06); Arsenal (2006/07) e Stoke (2015-16). 

Os lobos balançaram as redes adversárias 51 vezes e 14 delas com 'assinatura' portuguesa: Diogo Jota (7), Pedro Neto (3), Rúben Neves (2), Daniel Podence (1) e João Moutinho (1). Raúl Jiménez, com 17 remates certeiros, igualou o recorde de golos marcados por um jogador do Wolves numa única edição da Premier League.

Registaram-se ainda 6 golos marcados por espanhóis (por Adama Traoré e Jonny), 4 do belga Leonel Dendoncker, 4 do irlandês Matt Doherty, 2 do italiano Patrick Cutrone e 2 do marroquino Romain Saiss.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.