Pelotão cumpriu minuto de silêncio em memória de Hayden e das vítimas de Manchester

Arranque da 16.ª etapa com homenagem

• Foto: EPA

O pelotão da Volta à Itália cumpriu esta terça-feira um minuto de silêncio em memória do piloto Nicky Hayden, da triatleta alemã Julia Viellehner e das vítimas do atentado desta segunda-feira em Manchester.

Os ciclistas mantiveram-se em silêncio antes da partida para a 16.ª etapa do Giro, que ligará Rovett a Bormio, com subidas do Mortirolo e Stelvio.

O piloto norte-americano Nicky Hayden, campeão mundial de MotoGP em 2006, morreu esta segunda-feira na sequência de ferimentos causados por um atropelamento quando circulava de bicicleta. A triatleta alemã Julia Viellehner, de 31 anos, faleceu no mesmo dia, na sequência de um acidente semelhante ao de Hayden, ocorrido em 15 de maio quando treinava na zona dos Montes Apeninos.

O pelotão da 100.ª edição do Giro homenageou também as vítimas do atentado perpetrado nesta segunda-feira à noite na Arena Manchester, no final de um concerto da cantora Ariana Grande, que causou, pelo menos 22 mortos e 59 feridos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Giro

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.