Ministro italiano garante que Cristiano Ronaldo violou protocolo: «Investigação vai prová-lo»

Vincenzo Spadafora voltou a comentar polémica em torno do avançado português da Juventus

• Foto: Reuters

O ministro italiano do Desporto, Vincenzo Spadafora, voltou este domingo a criticar Cristiano Ronaldo e garantiu que o avançado português desrespeitou o protocolo estabelecido para a Covid-19 quando abandonou o estágio da Juventus para integrar a concentração da Seleção Nacional, depois de dois membros do staff do clube de Turim terem testado positivo.

"O Cristiano Ronaldo violou o protocolo e está em curso uma investigação do Ministério Público de Turim para provar isso mesmo. Tratou-se de um episódio desagradável. O vírus ensinou-nos que ninguém está imune e obviamente que todas as pessoas tentam respeitar as regras e os protocolos estabelecidos, mas a única solução é ficar em casa", afirmou Spadafora, em declarações à RAI. 

Recorde-se que Cristiano Ronaldo acabaria também ele por testar positivo ao serviço da Seleção Nacional, no dia 13, tendo regressado a Turim num avião-ambulância depois de ter estado em isolamento na Cidade do Futebol. Já em Itália, através de um direto no Instagram, o craque português negou ter violado o protocolo.

Na última quinta-feira CR7 voltou a ter um teste positivo e continua em quarentena, tendo já falhado dois jogos da Juventus, o último dos quais esta noite, no empate (1-1) diante do Hellas Verona. 

Por Record
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.