Delmino Pereira: «Estímulo para toda a nossa comunidade»

Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo vê Europeu como “um momento de afirmação”

• Foto: João Fonseca/FP Ciclismo
Índice

O Velódromo Nacional, em Sangalhos, é um equipamento que garante o desenvolvimento do ciclismo de pista em condições de qualidade. Mais recentemente, em Tamengos, nasceu uma pista permanente de BTT, que permite o trabalho de base e também competição. As estradas da região oferecem excelentes condições para treinos de estrada. Em 2019 foi inaugurada, junto ao Velódromo, a única pista olímpica de BMX da Península Ibérica, o que garantiu a atribuição a Anadia do estatuto de Centro Satélite para a Europa do Centro Mundial de Ciclismo, entidade de desenvolvimento e formação de novos talentos da União Ciclista Internacional. “O Campeonato da Europa de BTT, Estrada e Pista para sub-23 e sub-19 será um momento de afirmação do Centro de Alto Rendimento de Anadia”, considera o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira.

A capacidade organizativa do ciclismo português será, novamente, colocada à prova, mas o dirigente federativo “confia na capacidade da equipa de trabalho, assim como na ajuda dos parceiros, a União Europeia de Ciclismo e a Câmara Municipal de Anadia”.

Ao longo das três semanas de competição muitos talentos serão dados a conhecer ao Mundo. “Temos a expectativa de proporcionar aos adeptos grandes espetáculos de ciclismo, em três das suas vertentes olímpicas. Será uma oportunidade de ouro para ver ao vivo aqueles que, em breve, irão afirmar-se como os grandes ídolos internacionais de BTT, estrada e pista”, salienta Delmino Pereira.

O dirigente não separa a competição internacional do impacto nacional. “Este Europeu é também um estímulo para toda a comunidade velocipédica portuguesa. Os nossos melhores sub-23 e sub-19 irão competir pelos melhores resultados, contando, por certo, com o apoio do público. Todos os clubes e praticantes do país estão convidados a assistir, pois queremos que o sintam como seu e que o interpretem como motivação extra para continuarem a desenvolver-se e a sonhar com resultados futuros”, atira. 

Delmino Pereira não esquece a importância do Europeu no plano económico e social. “Além da parte desportiva, este evento representa um forte impulso para a economia nacional, contribuindo para mitigar os impactos negativos que a pandemia impôs no passado recente. A promoção territorial será também uma realidade, pois dezenas de seleções poderão experimentar tudo quanto Anadia e a região tem para oferecer a quem pratica ciclismo”, esclarece. 

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas