História à espera de ser feita

Jovens vão competir ao longo de três semanas num evento que promete ser marcante para o ciclismo e para Anadia

• Foto: João Calado
Índice

O concelho de Anadia estará no centro das atenções do ciclismo europeu entre amanhã e 19 de julho. Durante três semanas os melhores talentos jovens da Europa nas vertentes olímpicas de BTT, estrada e pista vão competir, naquele concelho bairradino, por mais de seis dezenas de títulos de campeões europeus.

Nunca nenhum outro concelho da Europa recebeu durante três semanas consecutivas os Campeonatos da Europa sub-23 e sub-19 de BTT, estrada e pista. Só por isto, Anadia já entrou na história da modalidade no velho continente.

A expectativa é que os Europeus também entrem na história de Anadia. Desde logo pela oportunidade que os anadienses e todos os visitantes terão de ver ao vivo corridas que irão transformar-se em excelentes espetáculos desportivos. Mas também pelo forte impacto na economia da região que um evento deste nível sempre terá.

Estima-se que, só durante a competição, sejam geradas mais de 12 mil dormidas entre os 1.200 atletas e 500 elementos de staff acreditados. Haverá ainda que somar os adeptos que sempre se deslocam para apoiar os ciclistas.

De Tamengos a Sangalhos

A pista de BTT de Tamengos é o primeiro local a receber a adrenalina da competição. É ali que irão disputar-se os Campeonatos da Europa de BTT, entre 30 de junho e 3 de julho. Curiosamente, é nesta vertente que estarão também presentes atletas de elite, a categoria máxima da modalidade. Na estrada e na pista só competem sub-23 e sub-19, mas no BTT poderemos ver em ação ciclistas elite nas disciplinas de cross country curto, eliminação e estafeta mista.

As provas de estrada vão dividir-se entre Sangalhos e Anadia. Nos dias 7 e 8 de julho disputam-se os contrarrelógios, junto ao Velódromo Nacional. Na primeira destas datas correm-se os contrarrelógios individuais. Na segunda data é altura de, mais uma vez, Anadia entrar na história. Pela primeira vez serão disputados títulos europeus sub-23 e sub-19 de contrarrelógio em equipas mistas.

Ainda dentro do programa de estrada, os dias 9 e 10 de julho serão dedicados às provas de fundo. As partidas e chegadas acontecem junto ao Pavilhão dos Desportos de Anadia. O circuito tem passagens por Vila Nova de Monsarros, Algeriz, Junqueira, Moita e Carvalhais, antes de regressar à cidade de Anadia. As subidas de Algeriz e do Monte Crasto prometem espetáculo.

O Europeu termina com os seis dias de competição no Velódromo Nacional. Desde a inauguração deste equipamento desportivo, em 2009, é a sexta vez que ali se realiza em Campeonato da Europa de sub-23 e sub-19. lSerá uma forma de fechar o Campeonato da Europa com chave de ouro, até porque esta é a vertente da modalidade em que Portugal tem conseguido mais medalhas nos últimos anos. Desde 2016, Portugal nunca saiu sem pódios desta competição. 

Grátis para público local

O ciclismo é conhecido por ser um desporto de acesso livre e gratuito. Isso será assim para todos os adeptos nas provas de BTT e de estrada. Na pista, há a exigência internacional de cobrar entrada, uma vez que se trata de um Campeonato da Europa e é prática em todo o mundo o pagamento para assistir às grandes competições de ciclismo de pista. A Federação Portuguesa de Ciclismo garantiu, no entanto, que todos os filiados nesta entidade tenham um desconto no preço do bilhete diário, que custa 10 euros para o público em geral e 5 euros para os federados. Por sua vez, os residentes no concelho de Anadia têm acesso gratuito ao Velódromo Nacional, em Sangalhos. 

Provas em direto na internet

Quem não puder deslocar-se ao Velódromo Nacional para assistir ao vivo às provas de pista, terá oportunidade para ver as corridas em direto através da Internet. A Federação Portuguesa de Ciclismo irá transmitir em direto através das suas páginas, no YouTube e no Facebook. 


Relação próxima com Anadia


O presidente da União Europeia de Ciclismo (UEC), o italiano Enrico Della Casa, considera que, durante três semanas, "o concelho de Anadia será a indiscutível capital europeia do ciclismo".

Entre 30 de junho e 19 de julho, "os jovens talentos sub-19 e sub-23 de 51 países da Europa vão juntar-se pela primeira vez para um único grande Campeonato em que serão atribuídos títulos europeus em várias disciplinas do ciclismo de estrada, pista e BTT", destaca o dirigente.
A escolha de Portugal e do concelho de Anadia para este evento não foi obra do acaso. "Graças à paixão e ao planeamento cuidadoso dos responsáveis autárquicos, dos líderes da Federação Portuguesa de Ciclismo e das boas infraestruturas hoteleiras, depois da criação da moderna pista da BMX e da pista permanente de BTT, Anadia tornou-se Centro Satélite do Centro Mundial de Ciclismo e o Campeonato da Europa de 2022 será, sem dúvida, outro grande sucesso para Portugal", prevê Enrico Della Casa. *


Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas