Morte de 'Rafeiro' ainda afeta Conor McGregor

Irlandês recordou tragédia do lutador português

• Foto: Getty Images
PUB

Correu o mundo o vídeo de Conor McGregor, de cabeça perdida, a atirar-se ao árbitro do combate entre Charlie Ward e John Redmond, referente ao Bellator 187, mas apenas esta terça-feira se soube efetivamente aquilo que levou o irlandês a perder a cabeça e confrontar o juiz. Ora, numa mensagem partilhada no Instagram, o lutador do UFC admitiu que à sua memória veio uma tragédia que viu no passado, aludindo à morte do português João Carvalho 'Rafeiro', em abril de 2016, e que, por isso, confrontou o árbitro por ter deixado o combate prosseguir quando Redmond estava em evidentes más condições.

Your browser doesn’t support HTML5 video

McGregor perde a cabeça e agride um árbitro
"O árbitro Marc Godard estava a tomar uma decisão horrível, ao tentar levantar um lutador inconsciente e ao obrigar a luta a continuar no segundo round. Mesmo contra os desejos do seu treinador. A luta já tinha terminado! Depois de ter visto um lutador meu numa luta onde o pior aconteceu e o seu adversário perdeu a vida em consequência dos ferimentos, pensei que o pior poderia voltar a acontecer. Acabei por perder a cabeça e reagi de forma impulsiva. Peço desculpa a todos", escreveu o lutador do UFC.

Lembre-se que o lutador português perdeu a vida em 2016, na altura com 28 anos, devido aos ferimentos sofridos num combate precisamente com o irlandês Charlie Ward. A sua morte abalou bastante o mundo do MMA e teve também um impacto forte no nome mais importante do UFC, que nos dias seguintes deixou uma emocionada mensagem nas redes sociais.

PUB


Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
PUB